Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Comemoração anual do CBPF é hoje, dia 17/12

  • Publicado: Quinta, 12 de Dezembro de 2019, 17h29
  • Última atualização em Terça, 17 de Dezembro de 2019, 08h34
  • Acessos: 1133

O Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro (RJ), realiza hoje (17/12) sua comemoração anual, confraternização que marca o encerramento do ano com homenagens, palestras e a entrega do ‘Prêmio Melhor Tese do CBPF’.

A ‘Comemoração Anual do CBPF’, que acontece no auditório Ministro João Alberto Lins de Barros, a partir das 13h30, terá abertura feita pelo físico experimental e diretor do CBPF, Ronald Cintra Shellard. O evento encerra o ano cheio de atividades em que o instituto celebrou seus 70 anos de existência.

“Este ano comemoramos 70 anos de existência. Tivemos um apoio bastante importante do MCTIC [Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações] e um orçamento aprovado na LOA [Lei Orçamentária Anual] honrado desde o início do ano, o que nos permitiu um planejamento mais consistente de nossas atividades. Mantivemos também nosso histórico de crescimento de nossa produção científica e de protagonismo de nosso pessoal. Mas não podemos nos esquecer de que vivemos uma fase muito crítica, pois, sem uma expansão significativa de novos quadros para a instituição, o CBPF poderá facilmente, mais cedo ou mais tarde, colapsar por falta de pessoal”, disse Shellard.

 

Pesquisador emérito do CBPF Amós Troper, palestrando no encerramento do ano passado

(Crédito: JRicardo)

 

O programa deste ano inclui, entre outras atividades, palestras para o grande público, entrega do prêmio de melhor tese do CBPF, homenagem tanto aos servidores que se aposentaram em 2019 quanto póstumas à pesquisadora emérita Elisa Frota-Pessôa e ao técnico Fernando Pinto.

"Com este evento encerramos nossa comemoração dos 70 anos de fundação do CBPF, com a missão de pensar o que queremos para os próximos anos e envolvendo toda nossa comunidade nesta discussão", disse Márcio Portes de Albuquerque, diretor substituto do CBPF.

A seguir, alguns flashes das atividades do CBPF este ano.

 

Passado e futuro

Em seu 70º aniversário de fundação, o CBPF está sendo homenageado por seu Núcleo de Informação C&T e Biblioteca (NIB) com a exposição ‘Espaço-Tempo 70 anos do CBPF: celebrando o passado, realizando o presente, construindo o futuro’, em exibição no salão de entrada do NIB, no quarto andar do Edifício César Lattes, prédio principal do CBPF.

“Uma das novas atividades do NIB é apresentar exposições temporárias que contemplem nossa casa e divulguem nosso trabalho. É muito interessante dar um breve passeio por nosso passado e presente”, disse o tecnologista sênior Nilton Alves Júnior, coordenador do NIB.

 

Duas semanas de C&T

Mantendo sua tradição de aproximar o grande público da ciência e tecnologia ‒ fazendo com que essas formas de cultura cheguem a crianças, jovens e adultos ‒, o CBPF esteve presente na ‘16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia’ (SNCT) em duas edições: em Brasília (DF), de 21 a 27 de outubro; e no Rio de Janeiro (RJ), de 5 a 9 de novembro. O tema deste ano foi ‘Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável’.

O estande do CBPF em Brasília foi bastante procurado e destaque nos meios de comunicação, aparecendo em programa da Rádio Nacional de Brasília, em duas edições do ‘Jornal DF1’ (da rede Globo), além do ‘Estúdio MCTIC’, canal de entrevistas do ministério montado na SNCT.

 

Visita do ministro e astronauta Marcos Pontes (centro) ao estande do CBPF na 16ª SNCT

(Crédito: Divulgação)

 

Supercomputador

Foi lançado em agosto, na abertura da 4a aula do curso ‘Inteligência artificial utilizando deep learning e aplicações em física’, oferecido na ‘XII Escola do CBPF’ o ‘SciMining’, supercomputador voltado para a área de inteligência artificial desenvolvido pelo grupo de Processamento de Imagens e Inteligência Artificial do CBPF.

Um auditório lotado com alunos e funcionários presenciou o lançamento do supercomputador, transferido para a Petrobras para ser usado em pesquisas avançadas em petrofísica. Clécio Roque De Bom, pesquisador colaborador do CBPF, explicou que “o SciMining tem uma proposta inédita: um programa de inteligência artificial que aprende o modelo a partir dos dados a serem simulados”. Segundo ele, cria-se, assim, um simulador de redes neurais fundamentado em dados reais (com base na natureza) e não mais na idealização do pesquisador em como o sistema físico deve se comportar.

 

Márcio Portes de Albuquerque, vice-diretor do CBPF, apresentando o SciMining

(Crédito: JRicardo)

 

Liderada pelo tecnologista sênior Márcio Portes de Albuquerque, vice-diretor do CBPF, a apresentação oficial da máquina contou também com a participação de Marcelo Portes de Albuquerque, coordenador de desenvolvimento tecnológico, e Manuel Valentim, contratado do projeto do convênio CBPF-Petrobras.

O lançamento do supercomputador do CBPF teve boa repercussão nas mídias sociais. Foi divulgado no portal, Twitter e Instagram do MCTIC e replicado pelo ministro Marcos Pontes. Foi destaque na página do ministério.

 

Cassia Ramos

Núcleo de Comunicação Social

CBPF

 

Serviço

Evento: 'Comemoração Anual do CBP - edição 2019’

Data: 17/12 (HOJE)

Horário: 13h30 às 17h

Local: Auditório Ministro João Alberto, no CBPF

Entrada: só para convidados

 

 
 
registrado em:
Fim do conteúdo da página